O que é PDO?
PDO é um acrônimo para PHP Data Objects. PDO é uma forma consistente para acessar bancos de dados. Isso significa que os desenvolvedores podem escrever código portável muito mais fácil e eficientemente. Mas, é importante entendermos que quando um código não é portável isso faz com que aconteçam muitos problemas em relação a manutenção, gerenciamento de versões múltiplas, legibilidade ruim, compreensibilidade do código.

PDO não é uma camada de abstração como PearDB. PDO está mais para uma camada de acesso a dados que utiliza uma API (Application Programming Interface) unificada.

Como eu habilito o PDO?

Em um servidor Windows, você pode adicionar ou remover o comentário das seguintes linhas no seu php.ini

extension=php_pdo.dll
extension=php_pdo_mysql.dll

Em um servidor Linux, você pode compilar o php com a seguinte opção –with-pdo-mysql, e, no seu php.ini adicione ou remova o comentário as seguintes linhas:

extension=pdo.so
extension=pdo_mysql.so

Claro que você pode habilitar todos os drivers que achar necessário, mas como o processo é o mesmo, tudo que você vai precisar é uma lista dos drivers disponíveis, caso já não estejam comentadas no seu php.ini, que você pode encontrar aqui.

Para concluir essa parte é necessário que você reinicie o seu WebServer, ou, pelo menos recarregue as configurações do mesmo.

Mas como eu posso testar se o PDO foi habilitado?

Para verificarmos Aqui duas maneiras podem ser utilizadas.

O velho phpinfo(), para isso, é só criarmos um arquivo php.

<?php  
    echo phpinfo();
?>

Ou então um pequeno script que nos mostre os drivers disponíveis.

<?php  
    foreach(PDO::getAvailableDrivers() as $driverDisponivel)
    {
        echo $driverDisponivel.'<br />';
    }
?>

No caso da configuração que você fez seguindo o post, é esperado que mostre apenas mysql, conforme o exemplo da saída abaixo:

mysql

Porém, ele irá listar todos os drivers que você habilitou.

Por enquanto é só, no próximo post fazermos a conexão com o banco de dados, e veremos como fazer SELECT’s, INSERT’s e etc…